prefeito-eleito-paulo-furiati-lapa-entrevistaNas eleições 2016, o ex-prefeito da Lapa, Paulo Furiati (PMDB), foi eleito com 13.372 votos, que representaram 47,76% dos votos válidos. Na composição da chapa, o vice-prefeito é Joacir Golsalves. Em segundo lugar ficou a prefeita Leila Klenk (PT), com 8.292 votos (29,62%), o terceiro foi Marcelo Batista (PSDB), com 4.390 votos (15,68%), e o quarto foi Luiz Mazanek (PRTB), com 1.944 votos (6,94%).

Em seu Facebook de campanha, logo depois do resultado, Furiati deixou uma mensagem de agradecimento aos eleitores e colaboradores por tão expressiva votação.

“Muito obrigado a todas e todos pela confiança. O nosso compromisso e a vontade de fazer mais por nossa cidade são muito grandes. A Lapa vai voltar a ser uma cidade que orgulha a todos nós, com cuidado com quem precisa e desenvolvimento. O trabalho começa já!”, dizia a nota.

Por e-mail, o futuro prefeito disse ao Trajeto Lapa quais serão as suas primeiras ações em 2017.

Entrevista

Como você avalia essa votação expressiva, com quase 14 mil votos? Acredito que pela comparação da minha última administração com a atual, quer seja no oferecimento dos serviços essenciais como na política de investimentos; pela aliança sólida que fizemos e pela confiança que a maioria do nosso povo deposita em mim.

Quando começam as suas primeiras ações? Já começaram. Segunda Feira mesmo já conversamos com três Deputados Federais e Dois Estaduais para levar nossos projetos. Estou preparando a equipe de transição. Logo que assumir vamos nos debruçar sobre alguns assuntos preocupantes: índice de pessoal perto de 55%; 15 obras paralisadas e outras situações que ainda desconhecemos.

De alguma forma a polêmica do seu processo, que ainda corre na justiça, vai interferir na transição de governo? Esse processo está aguardando julgamento e não existe essa possibilidade, seja qual for a decisão.

A Lapa está carente, principalmente, nas áreas de Saúde e Segurança. Quais serão as suas primeiras medidas para resolver o problema? A saúde é responsabilidade direta do município e já no primeiro dia estaremos operacionalizando medidas para atenuar essa carência. Quanto a segurança, vamos implantar nossa proposta e vai demandar um pouco mais de tempo. De imediato no entanto um dos assuntos que vamos falar com o Governador e pedir uma atenção maior.

Quais políticas do atual governo você pretende manter? Todo Prefeito deve manter o que está funcionando e isso precisa ser avaliado com mais profundidade.

A prefeita Leila, em seu discurso de fim de campanha, disse que as políticas sociais e o planejamento para a área de turismo poderiam se perder a partir de agora, com a saída dela e do PT. Você concorda? Acredito que essa declaração foi feita no calor da perda. Não sei de onde ela tirou isso, mas acredito pela emoção da disputa.

Na semana passada, antes mesmo da eleição, nos grupos de WhatsApp apareceu uma foto que seria a sua lista de cargos já escolhidos para 2017. Essa lista é verdadeira? Lista feita com maldade. Nunca faria isso sem ter a certeza de ter sido eleito. Para você ter uma idéia, ainda hoje não tem ninguém escolhido a não ser o Secretario da Saúde. Se o índice de pessoal permanecer como está, não irá mais que 5 ou 6 pessoas fora do quadro, por absoluta proibição legal.

Considerando que a Lapa não teve vice-prefeito na gestão da prefeita Leila, qual será o papel do seu vice Joacir Gonsalves?  No acordo eu e o Joacir fizemos um compromisso de apoio mútuo. Ele estará coordenando e fiscalizando as principais ações. Quem chegar no gabinete ou vai encontrar o Prefeito ou o vice. Ele terá um papel fundamental no apoio à gestão.

Qual a sua mensagem ao povo lapeano, como prefeito eleito? Em primeiro lugar agradecer do fundo do meu coração a confiança e o voto de cada um que acreditou e acredita em mim. Depois de uma campanha de ataques rasteiros e baixos conseguir um resultado desse me faz ter uma eterna gratidão que me fará trabalhar muito, mas muito mesmo, para devolver essa confiança. Em segundo lugar uma mensagem para aquelas pessoas de bem que preferiram outra alternativa,  serão respeitados e tratados de forma digna e democrática.

Foto assessoria
___________
Publicidade
relochaves-lapa-parana-rodape